Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99860-1464
Geral Por: Redação Rede Piauí Repórter 24 Jul 2018 15:50 Rede Piauí de Notícias

Cantor da banda Forró Bandido morre de parada cardiorrespiratória em Teresina

O velório de Cizinho aconteceu durante a manhã desta terça-feira (24), em uma funerária no Centro de Teresina.


O cantor Francisco de Assis Silva, o Cizinho da banda Forró Bandido, faleceu na noite de segunda-feira (23) após sofrer uma parada cardiorrespiratória enquanto recebia atendimento médico. De acordo com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), Cizinho deu entrada no hospital, chegou a ser atendido pela equipe de plantão, mas não resistiu e morreu, vítima de uma parada cardiorrespiratória.

O empresário de Cizinho, Luís Henrique, contou que o cantor se sentiu mal em casa e procurou atendimento no Hospital do Monte Castelo por volta das 16h de segunda-feira (23). “Ele tomou banho e saiu de casa direitinho, entrou no hospital caminhando. Mas foi piorando até que não aguentou. Todos os médicos da unidade tentaram, tinha quatro médicos em cima dele, veio médico de fora, equipamento... mas infelizmente não resistiu. Tentaram entubá-lo, mas não conseguiram. Foram mais de duas horas de tentativa”, disse Luiz Henrique.

O cantor tinha 45 anos e dois filhos. Ele era fumante e lutava contra a obesidade, pesando algo em torno de 180 kg, preparava-se para uma cirurgia bariátrica. Ele era considerado um dos grandes cantores do Nordeste de forró ao estilo vaquejada.

O velório de Cizinho aconteceu durante a manhã desta terça-feira (24), em uma funerária no Centro de Teresina. 

Segundo Luiz Henrique, Cizinho travalhava como cantor há mais de 25 anos, tempo em que construiu uma carreira consolidada no forró e das festas de vaquejada do Piauí e dos demais estados do Nordeste do país. O cantor de 45 anos tinha dois filhos, era natural da cidade de Queimadas, na Paraíba, e morava no Piauí a cerca de 20 anos.

A Fundação Municipal de Saúde informou por meio de nota que Cizinho deu entrada no Hospital do Monte Castelo no final da tarde de ontem (23). Ele foi levado ao hospital por amigos, atendido na urgência, passou por reanimação cardíaca mas não resistiu. A causa da morte foi parada cardiorrespiratória.

Com informações de G1.



Deixe seu comentário: