Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Pedro H. Santiago EDITOR CHEFE (86) 98882-0261
Anderson Soares COMERCIAL (86) 99965-4448
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99860-1464
Polícia Por: Redação Rede Piauí Repórter 05 Mar 2018 09:16 Rede Piauí de Notícias

Homem que matou piauiense e ocultou corpo em mala é preso em Goiás

Ubiratan Guilherme é estudante de direito e tinha envolvimento amoroso com a vítima


Foi preso no último sábado (3) o universitário estudante de direito, Ubiratan Guilherme Digues, principal acusado de ter matado a piauiense natural de Cristino Castro, Adriana Nunes de Sousa, em Aparecida de Goiânia, interior do estado de Goiás.

Ubiratan Guilherme Digues
Ubiratan Guilherme Digues foi preso no último sábado no seu local de trabalho. (Foto: Divulgação/Polícia Civil).

A polícia ainda não sabe o que teria motivado o crime, mas as investigações apontam para um envolvimento amoroso entre o acusado e a vítima.

Câmeras de segurança registraram momentos onde Ubiratan estava acompanhado de Adriana ao fazer compras em um supermercado, algumas horas antes de ter sido morta. Adriana estava morando em Goiânia.

Ubiratan foi preso no prédio onde ele trabalha como porteiro e negou qualquer envolvimento com o crime.

"Apesar dele negar envolvimento, nós temos todos os elementos que comprovam que estiveram juntos e que ele é o autor do homicídio. A motivação ainda não foi esclarecida", confirmou o delegado Klayter Camilo, em entrevista ao portal G1.

Ainda de acordo com as informações repassadas pelo delegado, o crime ocorreu no dia 22 de fevereiro, na casa de Ubiratan, conforme a análise de imagens e outras provas analisadas até chegar ao acusado como autor do crime.



Deixe seu comentário: