Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Pedro H. Santiago EDITOR CHEFE (86) 98882-0261
Anderson Soares COMERCIAL (86) 99965-4448
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99860-1464
Polícia Por: Pedro H. Santiago Repórter 17 Mai 2018 16:22 Rede Piauí de Notícias

Juiz decreta prisão preventiva de assassino de cabeleireira

O pedido de prisão foi decretado pelo o juiz de direito Luiz Moura


Foi decretada na tarde desta quinta-feira (17), a prisão preventiva do ex-namorado da cabeleireira Aretha Claro. Paulo Neto confessou ter assassinado a ex-companheira, mas por legítima defesa. O pedido de prisão foi decretado pelo o juiz de direito Luiz Moura.

A delegada Luana Alves disse que em sua versão, Paulo apresentou o fato de estar se defendendo de um possível ataque da ex-mulher, com quem, segundo os vizinhos, tinham uma relação bastante conturbada. "Ele apresentou uma versão que é difícil de defender, justamente pela quantidade de facadas que ele desferiu nela. 

Paulo Neto é suspeito de matar cabeleireira
Arquivo Pessoal

Segundo os familiares da vítimas, Aretha vinha recebendo dezenas de ameaças do ex-companheiro, que não aceitava o fim do relacionamento.

Leia mais:

Polícia Civil encontra arma que provavelmente foi usada para matar cabeleireira

Após perícia, ex-namorado de Aretha Dantas se entrega à polícia



Deixe seu comentário: