Pedro H. Santiago EDITOR CHEFE (86) 98882-0261
Anderson Soares COMERCIAL (86) 99965-4448
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99860-1464
Polícia Por: Pedro H. Santiago Repórter 07 Mar 2018 18:47 Rede Piauí de Notícias

Líder do MICqcb sofre tentativa de homicídio em São João do Arraial

O caso aconteceu no último fim de semana e a briga envolveu os vizinhos da líder do movimento, que por pouco não sofreu uma agressão maior


A líder do Movimento Interestadual de Quebradeiras de Coco Babaçu (MICqcb), Francisca Nascimento, sofreu uma tentativa de homicídio na localidade onde mora, em São João do Arraial. O caso aconteceu no último fim de semana e a briga envolveu os vizinhos da líder do movimento, que por pouco não sofreu uma agressão maior.

Francisca teria desobristruído a passagem de um local, derrubando uma cerca, que impedia de 20 comunidades de trafegar. Com isso, a líder das quebradeiras de coco foi segura pela esposa do proprietário do terreno, que estava armado com um facão e ameaçando-a. “Ela conseguiu se soltar a tempo e subiu na garupa da moto da irmã que, estava presente. Na verdade, essa agressão foi só o cumprimento de uma série de ameaças que a Francisca já vinha sofrendo por conta da retirada dessa cerca, que foi construída de maneira irregular”, informou Yandara Vasques, secretária do Moimento das Quebradeiras de Coco (MICqcb).

Presidente do Movimento das Quebradeiras de Coco
Divulgação: Movimento das Quebradeiras de Coco Babaçu

O conflito no local não é recente e as famílias que residem na localidade já derrubaram em outras oportunidades a cerca que impede o acesso ao açude de Santa Rosa . O proprietário do terreno, alega que quer manter a segurança de suas propriedades. 

A secretária do movimento Yandara afirma que o acesso ao açude de Santa Rosa é necessário para continuar o cultivo e a coleta do coco babaçu, para manter o sustento das famílias que residem na zona rural do município. Ainda segundo Yandara, a líder do Micqcb regsistrou Boletim de Ocorrência por tentativa de homicídio.



Deixe seu comentário:





Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias