Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99860-1464
Cidades Por: Redação Rede Piauí Repórter 03 Abr 2018 18:09 Rede Piauí de Notícias

Águas de Teresina disponibiliza serviço de débito em conta

O contribuinte pode contar com uma nova Ideia.


Com o objetivo de facilitar e simplificar a vida dos contribuintes, Águas de Teresina agora conta com um novo serviço de pagamento de faturas: o débito em conta. Com essa opção, quando a conta chega na data de vencimento, o valor a pagar é debitado diretamente da conta corrente informada, evitando atrasos e aborrecimentos.

Para ultilizar o novo serviço, o cliente deve se dirigir à agência bancária em que é correntista, levar uma conta de água atualizada e apresentar o número de matrícula que consta no canto direito da fatura.

Conforme Mariana Diniz, gerente comercial da concessionária Águas de Teresina, o débito em conta é uma opção cômoda e prática para os clientes. "Quem já mantinha esse serviço na época que os serviços eram administrados pela Agespisa, deve novamente procurar o banco e pedir a inclusão do débito em conta, agora voltada à Águas de Teresina”, explicou a gerente.

Teresinense conta com uma nova forma para pagamento de suas fatureas
Nova forma para pagamento de contas de Àgua / Credito:PortalMN

Todas dúvidas podem ser tiradas por meio dos canais 0800 223 2000 e 115. Caso prefira, o cliente pode solicitar o encaminhamento da conta de água e esgoto via Whatsapp, pelo 98124 3199. Outra opção prática a qual os clientes podem ter acesso, é a fatura por email. Para isso, basta ligar no 0800 223 2000 e solicitar esse serviço.  A Águas de Teresina disponibiliza seis datas para o vencimento da fatura. O cliente pode fazer a opção entre os dias 5, 10, 15, 20, 25 ou 30 do mês adequando a data ao seu orçamento e planejamento.

 Os bancos disponíveis para o débito Automático:

- Itaú;

- Caixa Econômica;

- Bradesco;

- Santander;

- Banco do Brasil;

*Reportagem Welligton Oliveira sob supervisão Pedro Henrique Santiago



Deixe seu comentário: