Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99494-2468
Geral Por: Ryan Andrade Repórter 30 Mai 2018 10:23 Rede Piauí de Notícias

Motoristas e cobradores paralisam atividades por mais segurança

Veículos foram enfileirados na Avenida Frei Serafim.


Motoristas e cobradores do transporte coletivo de Teresina paralisaram as atividades na manhã desta quarta-feira (30). A intenção do protesto foi reinvindicar mais segurança. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Rodoviário (Sintetro), somente este ano já foram registrado 60 assaltos a ônibus na capital.

A paralisação começou no início da manhã e deve durar até meio-dia. Alguns ônibus estão enfileirados na Avenida Frei Serafim e outros permanecem nos terminais de integração da cidade.

frota veiculos
(Foto: Cidade Verde)

Francisco das Chagas Oliveira, vice-presidente do Sintetro, explica o motivo da manifestação: “A nossa reinvindicação é a questão dos constantes assaltos, é um perigo, a gente sai para trabalhar e não sabe se volta. Somente neste ano foram pelo menos 60 assaltos em ônibus registrados. Também tem a questão da redução da frota e a má qualidade do transporte, e do trabalho”, disse. 

Além da segurança, o protesto é também por melhorias nas condições de trabalho: “O transporte estará com as suas atividades suspensas. O ato é um protesto contra a redução da frota de ônibus, que tem causado danos tanto a quem trabalha como para quem precisa (se locomover por esse transporte), o não pagamento de férias dos trabalhadores, que não sabe quando recebe ou se recebe, contra a quantidade monstruosa de assaltos, que afeta os trabalhadores e usuários. Nós estamos sendo vítimas constantemente: usuários apavorados e trabalhadores com medo, essa é a realidade", explica o presidente do Sintetro, Fernando Feijão. 




Deixe seu comentário: