Geral Por: Redação Rede Piauí Repórter 18 Dez 2018 11:44 Rede Piauí de Notícias

Piauiense denuncia médium João de Deus por abuso

O Ministério Público do Piauí confirmou que uma piauiense foi vítima do suposto abuso sexual praticado pelo médium.


O Ministério Público do Piauí confirmou nesta terça-feira (18) que uma piauiense também foi vítima dos abusos praticados pelo médium João de Deus. 

O médium de 76 anos está sendo investigado pelo Ministério Público de Goiás e está preso desde domingo (16). Ao todo, 506 mensagens sobre a investigação foram recebidas pelo MP de GO. A maioria delas por meio do endereço [email protected]

De acordo com o MP, anteriormente seriam três vítimas de abuso no Piauí, mas apenas uma pessoa foi confirmada até o momento. A mulher piauiense fez a denúncia diretamente em Goiás e o Ministério Público do Piauí deve acompanhar o caso por meio do Núcleo das Promotorias de Justiça de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (Nupevid). "Nós vamos acionar o Nupevid para fazer o acolhimento e o auxílio a essa vítima, colher o depoimento e encaminhar para o Ministério Público de Goiás, esse é o procedimento", declarou o promotor. 

Os dados da vítima não serão divulgados. "Não vamos divulgar nome, depoimento ou informar a cidade para a proteção da própria vítima", afirma Sinobilino Pinheiro. 

Desde quinta-feira (13), o Ministério Público do Estado do Piauí montou força-tarefa no estado para colher depoimentos, identificar, orientar e auxiliar as possíveis vítimas do suspeito.

Leia mais: 

Médium João de Deus pode ser solto ainda hoje por meio de habeas corpus

Defesa de João de Deus entra com pedido de habeas corpus

Justiça de Goiás determina prisão de João de Deus

Promotoria monta força-tarefa para investigar crimes de João de Deus no Piauí

João de Deus



Deixe seu comentário: