Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99860-1464
Polícia Por: Pedro H. Santiago Repórter 08 Mai 2018 13:53 Rede Piauí de Notícias

Polícia Federal prende vereador de Piripiri envolvido em fraudes do INSS

Além do Piauí, a PF está cumprido mandados no Ceará, Tocantins e Maranhão


Na manhã desta terça-feira (08), a Polícia Federal (PF) deflagou a "Operação Biditos" e prendeu servidores públicos, um empresário e um vereador do município de Piripiri que formavam uma quadrilha que fraudava benefícios do INSS, que são concedidos por idosos e pessoas com deficiência.

 A investigação da PF junto à Gerência Executiva do INSS do Piauí durou oito meses até conseguir identificar todos os envolvidos. Além de Piripiri, nos municípios de Brasileira, Parnaíba, Barras, Cocal, Tutóia/MA, Tianguá/CE e Paraíso do Tocantins/TO também estão sendo cumpridos mandados da operação.

O vereador preso em Piripiri foi identificado como Genival Cigano; ele foi preso no Hospital Regional Chagas Rodrigues.

vereador preso pela pf
Os agentes federais apreenderam também duas pistolas e munições / Crédito: Reprodução - TV Clube

Prejuízo acima de R$ 27 milhões

Segundo informações da Polícia Federal, a quadrilha recebia cerca de 320 benefícios e criava nomes falsos, falsificando documentações, que acabavam sendo utilizadas para a obtenção dos benefícios em diversas agências do INSS.

Ainda de acordo com a PF, as fraudes chegam a mais de R$ 27 milhões de prejuízo aos cofres públicos e a Justiça Federal determinou que houvesse uma suspensão dos benefícios causando uma economia de mais de R$ 305 mil.

Os investigados deverão responder pelos crimes de associação criminosa, estelionato qualificado, falsidade ideológica e uso de documento falso.

O nome da Operação “BIDITOS” decorre da expressão utilizada por alguns dos membros da quadrilha, que se dizem ciganos, para se referirem aos cartões de benefícios do INSS em seu dialeto.



Deixe seu comentário: