Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99860-1464
Piauí Por: Pedro H. Santiago Repórter 12 Mar 2018 16:36 Rede Piauí de Notícias

Professores aceitam proposta do governo e encerram greve

Apesar de aceitarem o reajuste de 6,81%, os trabalhadores em educação mantêm o estado de greve


Os trabalhadores em educação do estado decidiram encerrar a greve, após aceitarem uma contraproposta do Governo do Estado, em que garante o reajuste de 6,81% para o mês maio para todos os profisionais ativos.

A aulas devem ser retomadas amanhã, 13,  após uma negociação envolvendo representantes da Secretaria de Administração (Seadprev), OAB-PI, Tribunal de Justiça e a diretoria do Sinte-PI. Mas ficou acordado entre as partes é que os servidores mantenham o estado de greve, que é quando o governo não cumpre o acordo e a categoria retorne ao estado de paralisação.

O acordo ainda prevê reajuste de 3,15% para todos os funcionários que trabalham na escola na folha de maio ainda do ano de 2017. No mês de setembro, todos os funcionários de escolas passarão a receber um reajuste de 3,95% referente a 2018.

Professores entram em greve
Os professores comemoram o reajuste, mesmo sendo abaixo do que a categoria reinvidicava / Crédito: José Alves Filho

Pela nova proposta do Governo Estadual, os profissionais inativos e pensionistas e pessoal administrativo da educação básica também serão contemplados. Porém os professores contratados temporariamente não terão direito ao aumento.

Para o Sinte, a proposta do Estado pareceu ser positiva e apesar do reajuste ser menor do que o esperado, é algo comemorado pela categoria. “Apesar de ser o menor reajuste do piso de todos os anos, a força dos trabalhadores em educação do Piauí está garantindo o pagamento o reajuste de 6,81% o Piauí", disse a presidente do Sinte-PI, Paulina Almeida.



Deixe seu comentário: