Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Pedro H. Santiago EDITOR CHEFE (86) 98882-0261
Anderson Soares COMERCIAL (86) 99965-4448
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99860-1464
Política Por: Ryan Andrade Repórter 19 Mai 2018 11:56 Rede Piauí de Notícias

PT decide que Dilma será candidata ao Senado por MG

Dilma ainda não se declarou abertamente pré-candidata, mas também não descartou a possibilidade.


A ex-presidenta Dilma Rousseff, afastada do seu mandato através de um processe de impeachment, deve ser lançada candidata ao Senado pelo PT de Minas Gerais. Dilma ainda não se declarou abertamente pré-candidata, mas também não descartou a possibilidade. 

ascom
Ex-presidente, Dilma Rousseff (Foto: Ascom)

A intenção da ex-presidente de concorrer ao Parlamento  já havia sido anunciada pelo partido, mas a sigla cogitava a possibilidade de ela não concorrer em troca do apoio do MDB para barrar o processo de impeachment contra o governador Fernando Pimentel (PT). Agora, os petistas mineiros devem tentar salvar o mandato de Pimentel vencendo a votação no Plenário da Assembleia Legislativa. 

Na quinta-feira à noite (17/5), o lançamento em Belo Horizonte do filme "O processo", documentário sobre o impeachment de Dilma, ganhou ares de pré-campanha. “Dilma senadora” foi usado em faixas e cartazes pelos petistas que lotaram a sessão. 

Segundo uma fonte ligada a Fernando Pimentel, o governo já entendeu que não há mais possibilidade de acordo com o MDB, partido do presidente da Assembleia, Adalclever Lopes. Assim, vai partir para a eleição com uma chapa forte, com Dilma concorrendo para o Senado. Para o governo, a oposição não deve aprovar o impeachment. "Não tem mais nenhum tipo de possibilidade de acordo. Eles querem manter o processo de impeachment só para aumentar o desgaste do governo. Sabem que não têm força para aprovar", disse a fonte.



Deixe seu comentário: