Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp EXPEDIENTE/FALE (86) 99494-2468
Piauí Por: Redação Rede Piauí Repórter 19 Set 2018 09:07 Rede Piauí de Notícias

Renegociação de dívidas beneficiou 31 mil agricultores no Piauí

Piauí ficou atrás somente dos estados da Bahia e do Ceará.


O Piauí foi o terceiro estado do Nordeste que mais renegociou as dívidas dos agricultores rurais e as dívidas com produtores rurais com o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural). Segundo o relatório do Banco do Nordeste, foram feitas 31.037 operações regularizando valores na ordem de R$ 1.235.341.011,00, atrás somente dos estados da Bahia e do Ceará. 


Essa foi uma das lutas do coordenador da bancada do Nordeste, deputado federal Júlio César (PSD), para garantir que os pequenos agricultores do Nordeste pudessem renegociar as dívidas, sem ficarem inadimplentes junto aos bancos oficiais. Júlio César alegou que esses produtores já foram penalizados com a estiagem, que provocou a perda da safra. E sem produção, não puderam quitar seus débitos junto aos bancos. 


“Essa lei é um marco para o setor da agricultura. É uma importante vitória para o homem do campo para garantir que os agricultores que sofreram com secas sucessivas, possam renegociar suas dívidas, permanecer trabalhando na terra e contribuindo para o desenvolvimento do Piauí e do Brasil”, afirmou o deputado Júlio César.

Júlio César

Deputado federal Júlio César. 


De acordo com o relatório encaminhado a Júlio César, foram negociados no Piauí 28.851 operações com produtores rurais num total de R$ 1.132.256.258. Em relação às dívidas do Funrural foram 2.186 operações regularizando R$ 103.084.753,00.
Dentre os municípios piauiense que negociaram para regularizar os maiores valores estão 14: Avelino Lopes, Baixa Grande do Ribeiro, Bom Jesus,  Canto do Buriti, Corrente, Gilbués, José de Freitas, Monte Alegre do Piauí, Oeiras, Piripiri, Regeneração, Teresina e Uruçuí.


As renegociações no Nordeste resultaram em 299.224 operações, que regularizaram R$ 10.276.255.031,00. Num resumo por estados foram negociadas 11.381 operações em Alagoas com o valor regularizado de R$ 527.078.650,00; Bahia com 69.637 operações com valor de R$ 2.246.956.663,00; Ceará com 54.870 operações e R$ 1.353.552.029,00.


O Espirito Santo e o Norte de Minas Gerais também entram no relatório. Foram renegociadas 863 operações e regularizaram R$ 113.828.971,00. Minas Gerais aparece com 16.381 renegociações e R$ 1.115.448.473,00. 


No Maranhão foram negociadas 38.290 dívidas entre agricultores rurais e Funrural num total de R$ 1.040.956.642,00. Na Paraíba foram 15.057 operações e R$ 682.829.851,00. Em Pernambuco 30445 agricultores negociaram R$ 1.010.376.753,00. No Rio Grande do Norte foram 18.985 operações com R$ 481.805.574,00 e, finalmente, Sergipe com 12.278 operações regularizando R$ 468.080.414,00.




Deixe seu comentário: