Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99494-2468
Política Por: Ryan Andrade Repórter 05 Jun 2018 15:20 Rede Piauí de Notícias

Saiba com o que gastou o deputado Assis Carvalho no período de maio de 2017 a abril de 2018

A Rede Piauí de Notícias vai trazer um levantamento de informações referentes aos gastos que cada deputado federal do Piauí usou da cota parlamentar a que tem direito.


A partir de hoje você vai conferir com o que gastaram os deputados federais do Piauí no último ano. Cada um deles tem direito a uma cota mensal (cota parlamentar) para custear gastos exclusivamente vinculados ao exercício da atividade parlamentar.

O valor da cota varia de acordo com o estado da federação e leva em consideração o preço de passagens aéreas de Brasília até a capital do estado no qual o parlamentar foi eleito. No caso do Piauí, o valor da cota parlamentar a que a que cada deputado piauiense tem direito é R$ 40.971,77.

Dentre as despesas que podem ser custeadas através da cota parlamentar estão os gastos com passagens aéreas, telefonia, serviço postal, manutenção de escritório de apoio à atividade parlamentar, hospedagem (exceto no DF), locomoção, combustível, segurança, divulgação da atividade parlamentar (exceto nos 120 dias anteriores à data da eleição), etc.

Vamos usar como período a ser analisado, os gastos dos deputados federais do Piauí de maio de 2017 até abril de 2018.

Deputado Assis Carvalho

O deputado Assis Carvalho (PT) gastou, no período, um total de R$ 458.157,52. O valor permitido com as despesas para o período foi R$ 491.661,24.

assis carvalho
Deputado Assis Carvalho (PT)

Fevereiro de 2018 foi o mês em que o parlamentar mais gastou totalizando R$ 48.552,88. Em fevereiro, o deputado gastou R$ 15.000 com consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos; R$ 12.416,77 com emissão de bilhetes aéreos, R$ 10.400 com locação e fretamento de veículos automotores.

O restante foi gasto com combustíveis e lubrificantes (R$ 6.000); manutenção de escritório (R$ 3.996); serviços postais (R$ 365,87); telefonia (R$ 187,14) e fornecimento de alimentação do parlamentar (R$ 187,10).

Julho de 2017 foi o mês em que o deputado petista menos gastou. (R$ 26.725,15) sendo R$ 8.891,56 com passagens aéreas, R$ 7.000 com consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos, R$ 4.219,06 com manutenção de escritório de apoio à atividade parlamentar e R$ 615,53 com telefonia móvel.

Os maiores gastos do deputado Assis Carvalho são com locação ou fretamento de veículos automotores (R$ 62.500) seguido de emissão de bilhetes aéreos (R$ 48.555,73) e consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos (R$ 31.450).

Na reportagem de quarta-feira (6), vamos conferir as despesas do deputado Átila Lira (PSB).




Deixe seu comentário: