Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp EXPEDIENTE/FALE (86) 99494-2468
Geral Por: Ryan Andrade Repórter 20 Jun 2018 11:51 Rede Piauí de Notícias

Sindhospi dá prazo de 30 dias para que Governo realize pagamentos de salários dos serviços do Plamta

De acordo o sindicato, os atrasos somam mais de R$ 14 milhões e, em caso de paralisação dos atendimentos, pode afetar cerca de 200 mil usuários.


O Sindicato dos Hospitais do Piauí (Sindhospi) deu um prazo de 30 dias para que o Governo do Estado, através da Sefaz (Secretaria de Fazenda), realize o pagamento referente ao mês de fevereiro e março deste ano dos serviços do Plamta. De acordo o sindicato, os atrasos somam mais de R$ 14 milhões e, em caso de paralisação dos atendimentos, pode afetar cerca de 200 mil usuários dos planos.

plamta

Emílio Júnior, superintendente do Tesouro Nacional, informou que o valor referente ao mês de fevereiro já foi repassado para a conta do Iaspi na segunda-feira (18) e em até 3 dias será repassado para as clínicas e fornecedores. Ainda de acordo com o superintendente o repasse referente a março deve ser pago até o meio de julho.

Emílio explicou que os repasses são feitos de acordo com um cronograma e podem durar até dois meses para serem repassados. Ele informou ainda que as dificuldades são decorrentes de problemas estruturais das receitas do estado, que prioriza o pagamento da folha de servidorese programas de acordo com os repasses federais.

Durante os 30 dias do prazo, o sindicato dos hospitais, clínicas e laboratórios garante que os beneficiários dos planos terão atendimento garantido, mas apelam para que o acordo seja cumprido pelo Governo do Estado.

O presidente do Sindicato dos Hospitais do Piauí, Jeffersson Campelo, diz que um mês é o prazo mais que suficiente para regulizar a situação: "Não adianta só negociar, a negociação precisa ser cumprida. Isso até o presente momento não tem sido definido, então esse é o temor que nós temos. Nós demos um prazo mais do que generoso para que a Secretaria da Fazenda analise que ela possa se estruturar e que possa nos fazer uma proposta que ela possa cumprir”, diz. 

Com informações do Cidade Verde




Deixe seu comentário: