Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp EXPEDIENTE/FALE (86) 99494-2468
Eleições 2018 Por: Redação Rede Piauí Repórter 06 Out 2018 17:25 Rede Piauí de Notícias

TRE-PI sorteia urnas para auditoria por meio de votação paralela

As urnas sorteadas para a auditoria dos sistemas passarão por procedimentos para verificação da autenticidade dos sistemas no dia do pleito.


Foi realizada, na manhã deste sábado(06), no Plenarinho da Assembleia Legislativa, a audiência pública para o sorteio das urnas eletrônicas que servirão de amostragem na auditoria por meio de votação paralela.

O sorteio foi realizado pelos membros da Comissão de Auditoria da Votação Eletrônica para as Eleições Gerais de 2018, presidida pelo juiz de Direito, Dr. José Vidal de Freitas Filho. Foram sorteadas três urnas, sendo duas do interior e uma da capital, das seguintes seções e zonas eleitorais: seção 31, da 67ª zona do município de Eliseu Martins; seção 47, da 10ª zona do município de Picos e seção 439, da 1ª zona eleitoral de Teresina.

audiência TRE sorteio urnasTRE-PI sorteia urnas para auditoria por meio de votação paralela


Também foram sorteadas três urnas que passarão por uma Auditoria de Funcionamento por Meio da Verificação da Autenticidade e Integridade dos Sistemas (auditoria de sistemas): seção 63, da 43ª zona do município de Regeneração; seção 02, 31ª zona do município de Palmeirais e seção 31, da 24ª zona do município de  José de Freitas.

Após o sorteio, aproximadamente 20 estudantes do Colégio Cidadão Cidadã procederam com o preenchimento manual das cédulas de votação para o armazenamento em uma urna de lona que ficará lacrada e sob guarda da Polícia Federal até o domingo, 07 de outubro. As urnas das seções eleitorais sorteadas serão recolhidas e substituídas.

Na ocasião, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), desembargador Sebastião Ribeiro Martins, disse que os resultados esperados desse processo são a comprovação da lisura e a confiabilidade do sistema eletrônico de votação. “Esta ação do TRE tem por finalidade demonstrar junto aos candidatos e eleitores a credibilidade da urna eletrônica e serão utilizados mecanismos que comprovem a integridade dos votos”.

No domingo, 07 de outubro, as cédulas serão retiradas da urna de lona para o procedimento de digitação do voto em sistema desenvolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Após a impressão do espelho, a cédula manual é digitada também na urna eletrônica, repetindo-se esse ciclo das 8 à 17h, quando encerrada a eleição.

Após o encerramento da eleição será conferido o total de votos apurados na urna eletrônica e confrontados com o total de votos apurados no sistema. Os resultados do sistema desenvolvido pelo TSE e da urna eletrônica devem ser exatamente idênticos.

As urnas sorteadas para a auditoria dos sistemas passarão por procedimentos para verificação da autenticidade dos sistemas no dia do pleito. O procedimento será realizado pelo juiz eleitoral na própria seção eleitoral, no local de votação.

Urna eletrônica



Deixe seu comentário: