Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Pedro H. Santiago EDITOR CHEFE (86) 98882-0261
Anderson Soares COMERCIAL (86) 99965-4448
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99860-1464
Geral Por: Redação Rede Piauí Repórter 21 Jun 2018 10:43 Rede Piauí de Notícias

TRT determina que prefeitura repasse R$ 1 milhão ao Setut em caráter de urgência

Motoristas e cobradores só retornarão às atividades depois que o salário for depositado na conta das empresas.


O TRT (Tribunal Regional do Trabalho) determinou que a Prefeitura de Teresina repasse, em caráter de urgência, o total de R$ 1 milhão para o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut) efetuar o pagamento dos motoristas e cobradores de ônibus. Desde as 4h da manhã desta quinta-feira (21), a categoria resolveu cruzar os braços reivindicando o pagamento de salários atrasados.

O desembargador, Manoel Edilson Cardoso, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), está intermediando a reunião de conciliação entre os empresários de ônibus e a Prefeitura de Teresina. Na ocasião, a Prefeitura reconheceu a dívida de R$ 9 milhões junto ao Setut.

greve
Strans cadastrou transporte alternativo para atender os usuários (Foto: Cidade Verde)

Participam das negociações no TRT, o presidente do Setut, Eimilson Alves de Carvalho; Marcelino Lopes Neto; o superintendente da Strans, Carlos Daniel e o procurador do município, Ricardo de Almeida Santos.

De acordo com o que o superintendente da Strans, Carlos Augusto Daniel Júnior, informou até o meio-dia desta quinta-feira (21), a Prefeitura de Teresina deverá repassar R$ 1 milhão aos consórcios de transporte coletivo da capital. 

“Vou agora à Prefeitura fazer todos os trâmites legais para que até o meio-dia seja repassado os recursos para que as empresas repassem aos funcionários também até o meio-dia”, disse o superintendente.

O presidente do Sindicato dos Motoristas de ônibus, Fernando Feijão, relatou que os motoristas e cobradores voltarão a rodar com os ônibus assim que o dinheiro for confirmado na conta das empresas, para posterior repasse aos trabalhadores. Ele acredita que isso deve ocorrer por volta das 10h30. 

Com informações do Cidade Verde



Deixe seu comentário: