Pedro H. Santiago EDITOR CHEFE (86) 98882-0261
Anderson Soares COMERCIAL (86) 99965-4448
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99860-1464
Política Por: Redação Rede Piauí Repórter 09 Abr 2018 12:32 Rede Piauí de Notícias

Veja como estão sendo os primeiros dias de Lula na prisão

Rede Piauí fez um balanço de como foi o final de semana do ex-presidente.


O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva começou a cumprir a pena de 12 anos e 1 mês de reclusão determinada pelo juiz Sérgio Moro no processo em que é réu por corrupção e lavagem de dinheiro, acusado de ser o real proprietário de um triplex no Guarujá. Lula chegou a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba na noite deste sábado (7) onde foi recebido por manifestantes favoráveis e contrários à sua prisão.

Desde que foi notificado da decisão do Juiz Sérgio Moro, Lula permaneceu no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC ao lado de amigos, familiares, militantes e políticos do PT e de partidos aliados. Foi no sindicato que Lula construiu sua trajetória política começando como líder do movimento sindical, e, posteriormente, na fundação do Partido dos Trabalhadores.

Lula
                                      Manifestantes tentam impedir saída de Lula do Sindicato dos Metalúrgicos.

O ex-presidente participou de um ato ecumênico em homenagem a ex-primeira dama, Marisa Letícia, que completaria 86 anos se estivesse viva. À tarde, Lula discursou por 55 minutos em cima de um carro de som montado ao lado do sindicato. Na fala, ele disse que iria se entregar para provar a inocência e que a partir de agora não era mais um ser humano, mas uma ideia e que ideias não podem ser presas.

Houve tumulto no momento em que o ex-presidente Lula saiu do sindicato e quando ele chegou à sede da Polícia Federal. Ao sair do sindicato, grupos tentaram impedir a saída do petista bloqueando a passagem do carro que levaria Lula até o Aeroporto de Congonhas de onde seria levado para Curitiba. Antes de ser levado para o Paraná, Lula fez exame de corpo de delito em São Paulo. A Polícia usou bombas de efeito moral, spray de pimenta e gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes que tentavam obstruir a chegada de Lula na Superintendência.

Em seu primeiro dia de detenção, Lula tomou um café da manhã simples (café preto e pão com manteiga). O almoço servido foi arroz, feijão, salada, macarrão e um pedaço de carne assada. Lula também pode ver televisão e pediu que amigos enviassem cartas para passar o tempo.

Há manifestantes favoráveis ao ex-presidente em frente ao prédio da Polícia Federal onde fizeram um acampamento para receber caravanas que estão se deslocando de diversos Estados do Brasil para prestar solidariedade a Lula. De acordo com informações repassadas pelos organizadores do acampamento, os manifestantes irão ficar acampados até que se conceda liberdade ao ex-presidente.

O advogado de Lula, Cristiano Zanin, fez a primeira visita a Lula na Superintendência após a prisão. Num vídeo divulgado nas redes sociais, ele informou que Lula está bem, apesar de indignado e que está tomando todas as providências cabíveis para conseguir a liberdade de Lula.

Reportagem de Ryan Andrade, sob supervisão de Pedro Henrique Santiago



Deixe seu comentário:





Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias