Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp EXPEDIENTE/FALE (86) 99494-2468
Cultura Por: Redação Rede Piauí Repórter 01 Ago 2018 08:15 Rede Piauí de Notícias

Procissão das Sanfonas completa 10 anos e lança exposição sobre Luiz Gonzaga em Teresina

O evento será realizado nesta quinta-feira (02) e tem como percurso a Igreja de Nossa Senhora das Dores, passando pelo calçadão da Simplício Mendes, até o Museu do Piauí, a partir das 16h.


Em sua décima edição, a famosa Procissão das Sanfonas de Teresina acontece nesta quinta-feira (02). O tradicional evento da cidade, que homenageia Luiz Gonzaga e toda a cultura nordestina, tem como percurso a Igreja de Nossa Senhora das Dores, passando pelo calçadão da Simplício Mendes, até o Museu do Piauí, a partir das 16h.

Como de costume, a procissão reúne sanfoneiros, artistas, amantes do baião, fãs de Gonzagão e um grande público que sai da Igreja de Teresina. Este ano ao final da procissão acontece a abertura da exposição itinerante Luiz Gonzaga, com acervo do memorialista Reginaldo Silva. A Expozaga já passou por diversas cidades no país, conta com cerca de 300 objetos pessoais do Rei do Baião, entre gibão de couro, chapéus, óculos, fotografias, livros, artes plásticas, entre outros objetos do artista que ficarão expostas no Museu do Piauí.

De acordo com o presidente da FMCMC, Luís Carlos Alves, a procissão é um momento de exaltação a alegria e a cultura nordestina. "A música nordestina é querida em todos os cantos do país. Nossa cultura respira alegria e cores, e por isso a procissão é tão querida entre os teresinenses, pois passa para novas gerações a importância de Luiz Gonzaga", afirma.

O professor Wilson Seraine, presidente da Colônia Gonzaguiana, idealizador do evento e um estudioso da obra e vida de Luiz Gonzaga, conta que a celebração já faz parte do calendário cultural da cidade e marca o aniversário de morte de Luiz Gonzaga.

“São 29 anos da partida deste grande nome da música nordestina, a cada edição o evento fica maior e reúne ainda mais admiradores do Gonzagão. É um momento que os sanfoneiros confraternizam", disse.

Ainda de acordo com o professor, este ano é esperado cerca de 60 sanfoneiros vindos de todo o Piauí, além de triangueiros e zabumbeiros. “É magnífico o trabalho, porque é mais que uma homenagem, é uma forma de estar resgatando a memória e o trabalho do grande Rei do Baião. Reunimos crianças e idosos de até 90 anos, apaixonados pela música e pela obra de Gonzaga. É uma festa muito bonita e que cresce a cada ano”, afirmou.

Com apoio da Prefeitura de Teresina através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), a procissão conta ainda com bonecos gigantes de Luiz Gonzaga, Padre Cícero e Lampião e, nesta edição, ganhará mais um boneco, o de Maria Bonita.

luiz gonzaga
Este ano ao final da procissão acontece a abertura da exposição itinerante Luiz Gonzaga, com acervo do memorialista Reginaldo Silva.



Deixe seu comentário: