Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp EXPEDIENTE/FALE (86) 99494-2468
Eleições 2018 Por: Redação Rede Piauí Repórter 20 Out 2018 09:00 Rede Piauí de Notícias

Filho de Bolsonaro tem número de celular excluído do Whatsapp

Flávio Bolsonaro postou prints com a mensagem do aplicativo com a punição


As polêmicas acerca do envio de mensagens políticas durante as eleições este ano no Brasil seguem a todo vapor. Desta vez a o assunto gira em torno da punição que o aplicativo Whatsapp aplicou ao filho de Bolsonaro, Flávio Bolsonaro. Ele postou prints em sua rede social com uma mensagem do aplicativo após terem banido o seu número.

Flávio Bolsonaro
Flávio Bolsonaro foi excluído do uso de WhatsApp sem explicações. (Foto: Reprodução).

Flávio foi eleito senador pelo Rio de Janeiro no último dia 7 de outubro. "A perseguição não tem limites! Meu WhatsApp, com milhares de grupos, foi banido do nada, sem nenhuma explicação! Exijo uma resposta oficial da plataforma", escreveu Flavio em postagem no Instagram.

Irmão de Flávio, o deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro também repercutiu o banimento. “Primeiro caso de banimento do whatsapp que tomo conhecimento ocorreu com o senador eleito @FlavioBolsonaro. O post que tenha motivado a punição não é informado. Se isso não é CENSURA eu não sei o que é...”, escreveu Eduardo nas redes sociais.

Nesta sexta-feira (19), o WhatsApp enviou notificação extrajudicial para quatro agências suspeitas de fazerem envio massivo irregular de mensagens durante o período eleitoral. O aplicativo determina que parem de fazer envio e de utilizar números de celulares obtidos pela internet. Na quinta-feira, 18, o jornal Folha de S. Paulo disse que empresas bancaram uma campanha de mensagens contra o PT com pacotes de disparos em massa.

Segue sem controle a quantidade de envios e compartilhamentos de mensagens acerca das eleições. Fake news são enviadas a todo momento, o que é bastante prejudicial à tomada de decisões por parte dos eleitores. O TSE perdeu o controle da situação, não agiu a tempo e agora está tudo muito caótico. Novos episódios polêmicos devem surgir até o dia 28, data para votação do segundo turno. Estamos de olho!

CONFIRA AS IMAGENS POSTADAS POR FLÁVIO NO SEU INSTAGRAM:

Flávio Bolsonaro

Flávio Bolsonaro



Deixe seu comentário: