Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99494-2468
Eleições 2018 Por: Redação Rede Piauí Repórter 07 Out 2018 08:38 Rede Piauí de Notícias

TRE retira serviços não essenciais da internet para evitar ações de hackers

Na prática, o que ocorre é uma separação entre internet e rede interna.


Para que a eleição e a apuração do resultado das eleições deste domingo (7) ocorra sem nenhum tipo de ameaça, como a invasão de hackers, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) orientou os TREs de todo o país a fazerem um procedimento de separação entre a internet e a rede interna neste sábado (6) a partir das 18h. Nos tribunais, o acesso a algumas páginas só ocorrerá a partir da intranet, que é uma rede interna que conecta tribunais regionais e o TSE.

O secretário de Tecnologia da Informação do TRE-PI, Rosenberg Maia, explica que a medida é uma proteção.

“A internet não é desligada, é apenas separada da rede interna. Nós temos duas redes, que a gente chama internet, que é a rede mundial de computadores, e a rede interna. Existe a internet, a pessoa pode acessar o site do TSE e consultar alguns serviços, todos não estarão disponíveis, apenas aqueles essenciais para o funcionamento da eleição”, explica.

Segundo o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Sebastião Ribeiro Martins, a ideia é dificultar essa invasão para que ela não aconteça.

“Pra evitar hackers, o Tribunal Superior Eleitoral determinou a todos os tribunais a desligar a internet. Ficará funcionando apenas a intranet. Está comprovado que em toda eleição, na véspera, existem ataques virtuais para inutilizar o site do TSE. Existe a informação de que até gente de fora do país tentará entrar [no sistema]”, esclarece.

TRE-PI Presidente

 Presidente do TRE-PI explica que a medida é uma decisão do TSE.

Com informações de O Dia.




Deixe seu comentário: