Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Pedro H. Santiago EDITOR CHEFE (86) 98882-0261
Anderson Soares COMERCIAL (86) 99965-4448
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99860-1464
Geral Por: Ryan Andrade Repórter 14 Jun 2018 14:53 Rede Piauí de Notícias

Veja como estão sendo os dias de Naiely Lima após o Miss Piauí e o Miss Brasil

Miss falou sobre os concursos, projetos, planos para o futuro e vida pessoal.


A Miss Piauí 2018, Naiely Lima, concedeu uma entrevista exclusiva à Rede Piauí de Notícias. Na oportunidade, a miss conversou sobre o concurso que a elegeu a mulher mais bonita do Piauí e uma das 10 mais belas do país, sobre seus projetos para o futuro e também sobre a vida pessoal.

Naiely falou sobre como surgiu a oportunidade de ter sido eleita a mulher mais bela do Piauí e como conseguiu representar o estado num concurso de beleza nacional: "Recebi o convite para ser miss há dois anos, mas eu não tinha ideia do que era o concurso, da dimensão que ele (concurso) tinha. Mas depois que eu entendi o que era, depois de ter conversado com a Monalysa, resolvi me candidatar. Muita gente pensa que para ser miss basta ser bonita. É claro que tem que ser, mas são vários outros pontos a serem trabalhados. Consegui vencer o Miss Piauí e consegui uma ótima colocação no Miss Brasil. Foi um trabalho muito intenso, uma jornada árdua, mas valeu muito a pena", conta. 

miss pi

A miss contou também que somente depois do Miss Brasil se deu conta da importância que é carregar o nome do Piauí num concurso tão importante e de tanta visibilidade: "Só caiu a ficha depois do Miss Brasil. Fui muito reconhecida por outros estados, então eu realmente comecei a perceber o peso da responsabilidade que é representar o Piauí. É muito gratificante ser abordada na rua, ser elogiada. Mas cair a ficha mesmo só depois que eu cheguei em Teresina, de volta do Miss Brasil, quando eu abri as minhas redes sociais e vi a quantidade de seguidores e de comentários positivos e de críticas também", diz.

Sobre as oportunidades que a vitória rendeu, a jovem Naiely comenta: "Eu estava morando em São Paulo onde eu tava atuando como modelo, sou natural de Piripiri, mas estava lá há um ano. Não foi fácil morar em São Paulo, as condições não eram muito boas e assim, do nada se tornar a mulher com mais visibilidade do seu estado é muito satisfatório. Tenho recebido algumas propostas interessantes, tenho projetos futuros, mas as portas se abriram sim. Foi uma reviravolta que eu tive na minha vida do dia para a noite", afirma. 

miss

Naiely decidiu abandonar a carreira jurídica e seguir no ramo da comunicação: "Vou começar a trabalhar com mídia social, a Band tem me abraçado bastante e me dado muito apoio, então eu tenho alguns projetos com eles. Vou apostar nesse ramo de comunicação. Tem também o Moviment que é um projeto de incentivo à prática do esporte do qual sou voluntária. Cheguei a me matricular para o curso de direito e imaginei que fosse seguir na área jurídica, mas depois eu desisti e resolvi me preparar para o Miss Piauí. Pretendo cursar jornalismo ou publicidade, mas em relação à área jurídica, eu não tenho mais pretensão de seguir adiante", destaca. 

A Miss Piauí 2018 informou que estava confiante tanto no Miss Piauí como no Miss Brasil e que foi preparada para ganhar: "Eu me preparei para ganhar, eu sempre dizia para as meninas pra gente ir preparada para o Miss Brasil porque se preparando para o concurso nacional simultaneamente estaríamos nos preparando também para o Miss Piauí, então eu fui sim bastante confiante, mas sabia também que podia não ganhar, mas nos dois concursos eu estava bem confiante sim", afirma. 

miss

"Agradeço o carinho que recebi antes e depois do concurso. Muito obrigado por terem apostado em mim. É muito bom receber mensagens do tipo 'você me representa', 'temos orgulho de você'. Muito obrigado mesmo pelo apoio e eu espero cumprir e satisfazer as vontades do povo do Piauí. As minhas redes sociais estão aí, estão abertas para todos e eu pretendo fazer delas um canal de comunicação com o meu estado, que me acolheu tão bem", finaliza. 



Deixe seu comentário: