Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp CONTATO/SUGESTÕES (86) 99494-2468
Política Por: Ryan Andrade Repórter 08 Jun 2018 16:01 Rede Piauí de Notícias

Em 4 meses, Heráclito Fortes usa R$ 48.847,29 com passagens aéreas

Emissão de bilhetes aéreos é a maior despesa do deputado.


Na quarta reportagem da série sobre os gastos dos deputados federais do Piauí vamos acompanhar as despesas do deputado Heráclito Fortes (DEM). O período em análise vai de maio de 2017 até abril de 2018.

No Piauí, cada um dos deputados tem o direito de financiar as atividades vinculadas ao exercício do seu mandato até o limite de R$ 40.071,77. Este valor corresponde à cota parlamentar e leva em consideração o preço das passagens aéreas entre Brasília e a capital do estado em que o parlamentar foi eleito.

Heráclito Fortes
Deputado Heráclito Fortes (DEM)

O deputado Heráclito Fortes gastou, no período em análise, o total de R$ 468.937,90. O valor permitido com as despesas era R$ 491.661,26.

Agosto de 2017 foi o mês em que o deputado mais gastou (R$ 49.965,75) sendo R$ 12.969,00 com locação ou fretamento de aeronaves; R$ 10.443,50 com divulgação da atividade parlamentar e R$ 6.370,69 com manutenção de escritório de apoio à atividade parlamentar. O restante dos gastos neste mês foi com consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos (R$ 5.000,00); R$ 4.444,20 com emissão de bilhetes aéreos; R$ 4.265,88 com combustíveis e lubrificantes; R$ 3.500,00 com locação ou fretamento de veículos automotores; R$ 5.585,99 com telefonia; R$ 252,00 com assinatura de publicações e R$ 143,49 com serviços postais.

Quando um parlamentar ultrapassa o valor permitido com a cota parlamentar ele deve compensar em outros meses.

Abril de 2018 foi o mês em que o deputado Heráclito Fortes menos gastou (R$ 17.563,94). Foram R$ 5.539,83 com manutenção de escritório; R$ 4.434,07 com combustíveis e lubrificantes; R$ 3.972,27 com emissão de bilhetes aéreos; R$ 1.150,00 com divulgação de atividade parlamentar; R$ 1.037,00 com passagens aéreas; R$ 684,04 com hospedagem; R$ 389,03 com telefonia; R$ 185,10 com serviços portais e R$ 172,00 com assinatura de publicações.

O valor referente á hospedagem corresponde à estadia do parlamentar em um hotel de Montevidéu, no Uruguai. Na ocasião, Heráclito viajou ao país para participar de atividades legislativas no Parlamento do Mercosul (Parlasul) onde tratou de questões relacionadas à segurança.

As maiores despesas do deputado Heráclito Fortes são com emissão de bilhetes aéreos (R$ 48.847,29); divulgação da atividade parlamentar (R$34.250,26); locação ou fretamento de aeronaves (R$ 25.920,00); consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos (R$ 8.000,00) e manutenção de escritório de apoio à atividade parlamentar (R$ 5.539,83).

Na reportagem de segunda-feira (11), vamos acompanhar os gastos que a deputada Iracema Portella fez com a cota parlamentar. 

Fonte: Portal da Transparência

Matérias relacionadas

Capitão Fábio Abreu usou apenas 7% da cota parlamentar em um ano

Em um ano, deputado Átila Lira usa R$ 89.798,03 da cota parlamentar com passagens aéreas

Saiba com o que gastou o deputado Assis Carvalho no período de maio de 2017 a abril de 2018

Você sabia que pode contribuir com um Brasil melhor fiscalizando o mandato do seu candidato?




Deixe seu comentário: