Documento dos presidentes das Câmaras Setoriais para os candidatos a Governador do Piauí

Presidentes se reuniram e listaram algumas reivindicações ao próximo gestor do Executivo Estadual

Última atualização: 09 Jan 2019 - 13:00   


Em reunião ocorrida neste mês de agosto, os presidentes das câmaras setoriais decidiram encaminhar aos candidatos a governador do Piauí reivindicações para garantir a continuidade e aperfeiçoar a estrutura da atual coordenação estadual das câmaras setoriais, no âmbito do governo do Estado. Esta iniciativa resulta da preocupação de lideranças, representantes de 25 setores da economia estadual, de eventual desestruturação do trabalho desenvolvido nos últimos 3 anos que resultou na articulação, mobilização, conscientização e organização setorial, estimulando iniciativas de parcerias, proposição de políticas públicas e acompanhamento da gestão pública voltada para cada setor respectivo.

Camaras Setoriais

Os presidentes das câmaras setoriais concluíram que há ainda uma grande lacuna na atuação das câmaras setoriais, tanto por falta de estruturação da coordenação estadual quanto pela ainda incipiente organização privada da maioria dos setores. Com base neste breve diagnóstico, reivindica-se dos candidatos a governador que mantenham e ampliem o apoio à coordenação estadual das câmaras setoriais, estruturando-a para dar apoio às iniciativas de cada câmara, em termos de elaboração de projetos, mobilização e articulação com instituições públicas e privadas na busca por parcerias público-privadas que viabilizem o desenvolvimento setorial. As principais reivindicações são:

1- Criação de uma Superintendência vinculada à Segov ou à Sedet, estruturada em três diretorias: Mobilização e Articulação; Elaboração e Gestão de Projetos; Apoio Institucional. Esta Superintendência terá por atribuição dar apoio ao processo de mobilização das câmaras setoriais, facilitar a interação das câmaras com as estruturas de governo, bem como viabilizar a elaboração de projetos que se fizerem necessários ao atendimento da demanda de cada câmara.

2- Criação de um mecanismos institucional de inclusão das demandas das câmaras setoriais no orçamento estadual, vinculando-o à superintendência que será criada. Os recursos financeiros destinados a este fim visam contribuir para o oferecimento de contrapartidas a recursos financeiros do governo federal, bem como de convênios internacionais e a recursos financeiros da iniciativa privada decorrentes de eventuais parceiras público-privadas.

3- Criação de um programa de incentivo à aquisição, pelo poder público, de bens e serviços de empresas locais, buscando reduzir a evasão de divisas para outros estados e retroalimentando o ecossistema produtivo estadual, respeitando as leis vigentes.

O atendimento a estas reivindicações depende exclusivamente de decisão política do governador e as vinte e cinco câmaras setoriais em atividade no Estado do Piauí solicitam de cada candidato a governador uma manifestação expressa  sobre o exposto.q

Assinam os presidentes das seguintes câmaras setoriais:
Apicultura
Cajucultura
Piscicultura (2)
Ovinocaprinocultura
Suinocultura
Avicultura
Agronegócio
Leite e Derivados (2)
Alho
Hortifrutigranjeiros
Fruticultura (2)
Carnaúba
Biotecnologia
Artesanato
Vestuários, Calçados e Acessórios
Energias Renováveis
Polo de Saúde de Teresina
Tecnologia da Informação e Comunicação (2)
Turismo (2)