Tocando Agora:Rede Piauí de Notícias
Redação Rede Piauí EDITOR CHEFE
Anderson Soares COMERCIAL
WhatsApp EXPEDIENTE/FALE (86) 99494-2468

Piauí se destaca no cenário de energia solar com novo projeto em São Gonçalo do Gurguéia

Novo projeto terá 475 MW. Piauí já é autossuficiente em energia Eólica e agora caminha para ser também na Solar

Última atualização: 12 Nov 2018 - 18:33   


A jovem cidade de São Gonçalo do Gurguéia que fica no extremo sul do Piauí no seu aniversário de 23 anos acaba de ganhar um dos maiores parques solares do mundo.

A Enel Green Power, multinacional que já atua no Piauí com a maior usina de energia solar da América Latina dará início no mês de outubro à construção da usina de São Gonçalo do Gurguéia.

Energia Solar em São Gonçalo do Gurguéia

São Gonçalo do Gurguéia que fica na divisa do estado do Tocantins e a 790 km de Teresina possui uma população estimada de 3025 habitantes. Lá será investido algo na ordem de R$ 1,4 bi, sendo portanto o maior projeto da América do Sul em construção e a previsão de início de operação em 2020. Com potência instalada 475 MW sendo 388 MW vendidos ao leilão A-4 com contrato de 20 anos e os 87 MW restantes serão direcionados a mercado livre.

A plena operação da planta, será capaz de gerar mais de 1.200 GWh por ano, e evitará a emissão de mais de 600 mil toneladas de CO² na atmosfera e capacidade para abastecer em torno 400 mil lares. Serão mais de 1,5 milhão de placas solares em uma área de 930 hectares.

O Governo do Estado do Piauí tem se preocupado em atender a empresa e a população local com as necessidades de empreendimentos que devem contar com mais de 1700 (um mil e setecentos)  empregos diretos e 5000 (cinco mil) indiretos, o que representa mais que o dobro da população do município.

Uma das maiores preocupações é a geração de renda e emprego na região para trazer desenvolvimento com sustentabilidade.

No último leilão A-4 realizado em Dezembro e 2017 os investimentos na geração de energia solar e eólica no estado do Piauí tem caminhando a grandes passos o estado é líder em Geração solar no Brasil e um dos maiores na América latina

O estado Piauí que já é autossuficiente em energia eólica com uma produção de 1,7GW está caminhando para autossuficiência em Solar que com a entrada em operação deste projeto e os em projeto a energia solar no estado até 2021 deve ser na casa dos 1,2GW.

O estado também conta com o apoio do SEBRAE e câmara setorial de energia Renovável  para o desenvolvimento da cadeia de mini e microgeração que já possui uma carga de 1,5 MW instalado e a perspectiva é que este projeto seja dobrado no próximo ano com o apoio do governo e instituições financeiras.

A produção de energia renovável avançou muito no ano de 2015. O estado gerava 154 MW de uma matriz basicamente eólica para quase 2.000 MW em 2018 entre 1,7 GW Eólico e 300 MW em SOLAR. Neste período já se instalaram mais de 14 grandes empresas do setor fora as empresas terceirizadas, com mais 100 mil empregos gerados durante as implantações e com investimentos na casa de 400 bilhões de reais.

O valor investido deixa o estado entre os quatro primeiros em investimento em energia renovável no país. Os projetos em prospecção e em andamento deve tornar o estado em breve o segundo em investimentos no setor. O maior desafio do nosso estado e capacitar as pessoas para que esta riqueza verde possa ficar aqui e estruturar os locais destes empreendimentos para virarem pólos de indústrias e comércios de manutenção e prevenção destes empreendimentos reduzindo a dependência  de mão de obra e matérias de outros estados.